[TRANSLATION]: Lucien van der Walt, 2015, “Contrapoder, Democracia Participativa e Defesa Revolucionária: debatendo ‘Black Flame’, anarquismo revolucionário e marxismo histórico”

itha-historia1Translation into Brazilian Portuguese of Lucien van der Walt, 2011, “Counterpower, Participatory Democracy, Revolutionary Defence: debating Black Flame, revolutionary anarchism and historical Marxism,” International Socialism: a quarterly journal of socialist theory, no. 130 , pp. 193-207, which is here.

 

Lucien van der Walt. “Contrapoder, Democracia Participativa e Defesa Revolucionária: debatendo Black Flame, anarquismo revolucionário e marxismo histórico”

Source: IATH – Instituto de Teoria e História Anarquist/ IATH – Institute for Anarchist Theory and History (Brazil)

Este texto constitui uma síntese da resposta às críticas do anarquismo realizadas na revista International Socialism; ele foi publicado na edição de número 130 desta mesma revista, visando aprofundar o debate sobre o anarquismo e o sindicalismo de intenção revolucionária (ou apenas “sindicalismo”, conforme tradução deste texto). Respondendo aos críticos marxistas, van der Walt passa por questões como luta armada, democracia, organização política e Revolução Russa, além de evidenciar similaridades e diferenças entre o anarquismo e outras correntes socialistas, especialmente as variantes históricas do bolchevismo.

pdflogosmallPDF here

 

Leave a Reply